quarta-feira, 30 de junho de 2010

Memórias de um baile: Hard Rock Café





por Iata Anderson

Neste Sabado (26/06/2010) voltei ao Hard Rock. Em relação a Sabado passado, estava vazio. A aula de tango não aconteceu por falta de pessoas. Pelo menos está anunciado o horario da aula antes do baile, portanto não somos "obrigados a perder o tempo do baile com aulões". O local é charmoso, o equipamento de som é muito bom, o piso é bom porém estava muito escorregadio principalmente para quem dança de sapato.
As musicas apesar de ainda ser maioria o zouk creole, deram espaço a outros artistas como Nelson Freitas e Quatro Plus.
Tocaram uma cortina com musicas para dançar , lind , rock, west coast ou soltinho... a imaginação de cada um faz o ritmo.
Havia um telão com um show de tango em SP bem bacana, porém não contracenando com os ritmos tocados simultaneamente.
Apesar da falta de damas, o baile correu bem.

bhdancadesalao.blogspot.com - 3 anos de muita informação
BH Dança de Salão.com.br - muito sobre a dança de salão de Belo Horizonte
Comunidade Caçadores de Bailes BH (orkut) - 4 anos de divulgação

3 comentários:

Unknown disse...

Gostaria de tecer alguns comentários:

Zouk creole - Nelson Freitas, Quatro Plus é totalmente zouk creole. Ver biografia em: http://www.lastfm.com.br/music/Nelson+Freitas/+wiki.

O show de tango transmitido no telão não era em SP e sim em Buenos Aires. A mostra que fazemos durante o evento tem ligação com a dança de salão e não com um ritmo específico somente.

Unknown disse...

Olá !

Para complementar o comentário da colega Soninha, segue a biografia do Nelson Freitas logo abaixo.

Posso ter me enganado ao dizer que o show foi em SP, pois me lembro de alguém do video se referindo a SP. Acho interessante aproveitar a aparelhagem do local para os videos. Quem não dança se distrai vendo videos. Não deixa de ser interessante ouvir zouk assistindo a videos de tango não é mesmo ?!

Nelson Freitas

Biografia
Nelson Freitas começou a carreira como dançarino de “break dancing”, ainda novo, em grupos como Rock Steady Crew”, que influenciaram a sua técnica. Daí começou a dançar para o seu já famoso tio Johnny Ramos, na altura intérprete de rap.
Apresentou-se num “showcase” de novos talentos e adorou a experiência de actuar ao vivo num palco, tendo, com 13 anos, decidido criar o grupo Stylistic, ao lado do seu irmão e grande amigo Nelson Oliveira. Esta determinação e adaptabilidade trouxeram, anos mais tarde, Nelson para a cena músical no estilo R&B.
Em 1996 tornou-se o quinto membro do grupo The Right Track, que apostou nas suas habilidades musicais e de composição. Ao fim de oito anos de experiência, adquiriu o talento que a música moderna cabo-verdiana requeria.
A sua afirmação como músico deu-se numa época em que as novas sonoridades da rítmica crioula começavam a emergir pelo mundo inteiro. De Roterdão a Rhode Island, os clubes de dança rapidamente adaptaram os novos sons zouk misturados com som de influência urbana.
Em 1997, participou na compilação intitulada “Mobass Presents”. co-produziu a música “Hoje Em Dia” Além de ter sido um enorme sucesso, este trabalho criou oportunidades para mais artistas originários de Cabo Verde brilharem noutros projectos…
Nelson trabalhou em vários projectos, que incluem o álbum a solo de Johnny Ramos, intitulado “Só Jota”.
É co-autor e co-produtor de várias músicas dos Quatro e dos Quatro Plus.
O reconhecimento por parte do público deu a Nelson motivação para continuar e sentiu-se honrado por ter excedido todas as expectativas. Hoje, é um querido produtor e intérprete nos PALOPS.


É isso ai !


Wilson, a data do baile foi 26/06/10 - corrija lá please !!

Unknown disse...

Complementando a biografia que faltou por falta de espaço..

Wilson, gentileza postar junto ao texto anterior.

Nelson Freitas começou a carreira como dançarino de “break dancing”, ainda novo, em grupos como Rock Steady Crew”, que influenciaram a sua técnica. Daí começou a dançar para o seu já famoso tio Johnny Ramos, na altura intérprete de rap.
Apresentou-se num “showcase” de novos talentos e adorou a experiência de actuar ao vivo num palco, tendo, com 13 anos, decidido criar o grupo Stylistic, ao lado do seu irmão e grande amigo Nelson Oliveira. Esta determinação e adaptabilidade trouxeram, anos mais tarde, Nelson para a cena músical no estilo R&B.

Em 1996 tornou-se o quinto membro do grupo The Right Track, que apostou nas suas habilidades musicais e de composição. Ao fim de oito anos de experiência, adquiriu o talento que a música moderna cabo-verdiana requeria.
A sua afirmação como músico deu-se numa época em que as novas sonoridades da rítmica crioula começavam a emergir pelo mundo inteiro. De Roterdão a Rhode Island, os clubes de dança rapidamente adaptaram os novos sons zouk misturados com som de influência urbana.
Em 1997, participou na compilação intitulada “Mobass Presents”. co-produziu a música “Hoje Em Dia” Além de ter sido um enorme sucesso, este trabalho criou oportunidades para mais artistas originários de Cabo Verde brilharem noutros projectos…
Nelson trabalhou em vários projectos, que incluem o álbum a solo de Johnny Ramos, intitulado “Só Jota”.
É co-autor e co-produtor de várias músicas dos Quatro e dos Quatro Plus.