sexta-feira, 30 de abril de 2010

17ª agenda de bailes e eventos dançantes de Belo Horizonte

Olá!

E o fim do mês chegou... e levou todos os bailes. O desbalanceamento dos bailes é nitido: começo e fim de mês, poucos bailes; meio do mês, tantos bailes que não tem como ir a todos.
 De qualquer forma, procure se divertir e não se esqueça que dança no salão tem que ser em RONDA!

Segue a agenda até o dia 02 de maio:

Segunda-26/4:
Baile no Michelle Mazzini (Projeto Dança de Salão) na Tereza Cristina,5000-Nova Suiça às 20h00min

Quinta:
Comemoração do Dia Internacional da Dança na Praça da Assembléia das 11h00min às 22h00min

Sexta:
Baile de aniversário do Leo (Pé de Valsa) na Pé de Valsa na Teixeira de Freitas,478/sl-Cidade Jardim às 21h30min
Baile da fitinha na Ata-me! na Gen.Olimpio Mourão Filho,202/2-Planalto às 22h00min
Zouk de cabo a rabo na Incomodança na Pedro II,2566-Calos Prates às 22h30min

Sábado:
Zouk na Hard Rock Café na Senador Milton Campos,155-Vila da Serra-Nova Lima às 19h00min
Baile Liberdade do Zouk na Dança e Arte na Antonio de Albuquerque,98-Savassi às 21h30min

Domingo:
Zouk e Forró na Zep Tep na Bahia,2717-Savassi às 18h00min
Milonga del  los domingos na Top Dance na Grão Mogol,800-Sion às 19h00min
Domingo Dançante na Corpo & Arte na Padre Marinho,340-Santa Efigênia às 19h30min

Eventos que vêm por ai...
Super Happy na Rodrigo Delano na Contorno,8471/3-Gutierrez às 21h00min de 7/mai
Festa das Mães Ritmus na Ritmus na Prof.Magalhães Drumund,33-Savassi às 22h00min de 8/mai
Jantar Dançante no Circulo Militar (dia das mães) na Raja Gabaglia,350-Gutierrez às 20h00min de 15/mai
Noite dançante no Clube Recreativo na Grão Mogol,197-Carmo às 21h00min de 15/mai
Baile de tango eletrônico e dança de salão na Oito Tempos na Pernambuco,326-Funcionários às 17h00min (milonga) e 19h00min (dança de salão) de 16/mai
Baile Show Minas no Clube dos Sargentos na Alvares Maciel,108-Santa Efigênia às 22h00min de 21/mai
Baile da Cênica no Barroca Tênis Clube na Américo Macedo,348-Gutierrez às 19h00min de 22/mai
Baile das Estrelas no Clube dos Sargentos do Exército na Praça Poa,30-da Graça às 20h00min de 22/mai
Baile de 15 anos da Passo Básico no Quiosque Grill na Raja Gabaglia,3375-São Bento às 22h00min de 22/mai

Então muita diversão, mas não se esqueça: dançar em ronda.
Nos encontramos em algun baile!

[]s
Wilson Milagres

BH Dança de Salão.com.br muito sobre a dança de salão de Belo Horizonte

quinta-feira, 29 de abril de 2010

DIa Internacional da Dança - Programação Espaço Brasil

Olá!

Hoje é o Dia Internacional da Dança e a Academia Espaço Brasil faz sua homenagem ao dia. Veja abaixo a programação:


“Nos salões da rua...”
Quinta-feira, dia 29 de abril, é o Dia Internacional da Dança, e a Academia de Dança de Salão Espaço Brasil fará parte das comemorações oficiais na Praça da Assembléia em Belo Horizonte! A equipe apresenta coreografia de forró às 13h e Roda de Cassino às 21h30. Veja no site (http://diadanca.wordpress.com/).

A homenagem à Dança, considerada a arte mais antiga da humanidade, também acontecerá em frente à Academia. Professores, assistentes, bolsistas e alunos se reúnem durante todo o dia 29 para uma grande comemoração.

 De 9h às 20h, na marquise e nos passeios da escola, serão realizadas intervenções urbanas em diferentes horários (Confira a grade da programação no site http://www.academiaespacobrasil.com.br).

1. “Nos salões da rua... Bolero” - 9h - Em frente à Sede da Academia
2. “Nos salões da rua... Samba” - 11h - Em frente à  Sede da Academia
3. Coreografia de Forró - 13h - Praça da Assembléia
4. “Nos salões da rua... Soltinho” - 15h - Em frente à  Sede da Academia
5. “Nos salões da rua... Zouk” - 17h - Em frente à  Sede da Academia
6. “Nos salões da rua... Forró” - 18h - Em frente à  Sede da Academia
7. “Nos salões da rua... Valsa” - 19h - Em frente à  Sede da Academia
8. “Nos salões da rua... Tango” - 20h30 - Em frente à  Sede da Academia
9. Coreografia de Roda de Cassino (Encerramento) - 21h30 - Praça da Assembléia

Lembrando que a Academia Espaço Brasil fica na Brasil,1238-Funcionários

[]s
Wilson Milagres

BH Dança de Salão.com.br muito sobre a dança de salão de Belo Horizonte

Debate no blog

Olá!

Quero agradecer a todos que com suas opiniões demonstraram os pontos fortes e os pontos fracos do que ocorre nos salões de dança de Belo Horizonte.

Esse debate enriquece muito as nossas opiniões e tomara que se reflita em melhorias nos bailes.

E se alguma opinião ficou sem destaque, peço que me avissem, para que eu possa retificar. Aos que não acompanharam os debates, pesquise por "comentários" no blog e podera ver na integra o que aconteceu (e que está acontecendo).

[]s
Wilson Milagres

BH Dança de Salão.com.br - muito sobre a dança de salão de Belo Horizonte

Sobre o debate no blog

por Fernanda Freitas

Estou achando muito interessantes os debates que estão sendo promovidos aqui.

O mais interessante é que o limite entre o debate e imposição de opiniões é tênue demais.

Fico imaginando se todos os proprietários de escolas fossem ficar justificando cada opinião, cada crítica, cada posicionamento feito!

Sou feliz por minha opção de vida não ser a dança e muito mais por tê-la como opção de lazer! Tem pessoas que amo encontrar! Amo alguns professores e professoras. Amo alguns proprietários e empreendedores da dança, mas nem por isso tenho que me satisfazer com tudo o que me é oferecido enquanto cliente. Quando sou convidada, e claro, recebo meus convites, não vou aos eventos como cliente. Vou como alguém que é desejável naquele local. Mesmo que tenha outras opções que poderiam ser melhores, a minha escolha sempre é estar em locais onde sou convidada. Não participo somente para me divertir, mas me sinto co-participante do evento e de certa forma passo a desejar que seja um sucesso. Sinto-me agradecida por me fazerem ser parte e não apenas participar. Acabo tentando catalisar os amigos para que possamos estar juntos. É muito diferente se sentir parte, e mesmo assim tenho um olhar que considera vantagens e desvantagens.

Tem bailes em escolas, com piso de pedra e pouca ventilação, mas que diante da satisfação por estar com as pessoas daquele local, esses elementos se tornam insignificantes. O  prazer em compartilhar de um mesmo espaço, divertido e harmônico com outros dançarinos não me faz deixar de sentir calor, ter dor nos pés ou ficar desejosa de ter um bar ou lanchonete com mais opções. O que acontece é que quando avalio custo benefícios, para mim, hoje, vale a pena viajar quase 400 km para estar em tais lugares

Tenho o direito de dar minha opinião a quem eu quiser. Se não é importante a minha opinião e se ela é equivocada, não trará nenhum prejuízo a quem possa ter contrariado. Porém, não assumi como Wilson, um critério VOLUNTÁRIO de divulgar e avaliar os bailes. Muitas vezes o acho até muito complacente com algumas situações... Ainda bem que não tenho um blog sobre a dança... (rsrs). Tem muito mais que eu observo como gestora e não compactuo e me sinto desrespeitada (detesto toaletes sem a devida higiene!).

Desrespeitar um cliente, sim, é muito ruim! Falo como CONSUMIDORA! Pois se fosse falar como participante da dança, somente o prazer de rever pessoas que me são caras já valeria a pena! Existem locais belos? Sim, mas quando vou a um evento de dança, eu quero é dançar e não ver paisagem. Quando tenho pessoas que não conhecem BH, sim seria um bom programa levar a belos locais de dança. E claro que tudo tem haver com o foco e a visão estratégica de um promotor...

Como cliente, como consumidora posso falar e avaliar. Se vou a uma pizzaria escolho o sabor da pizza e a espessura da massa. Quando sou convidada para saborear uma pizza na casa de amigos, delicio-me com o sabor oferecido e caso a massa esteja grossa, serei gentil em separar o que não quiser comer, mas não precisarei reclamar.

Pra quem sabe ler, um pingo é letra!!!

BH Dança de Salão.com.br muito sobre a dança de salão de Belo Horizonte

Comentário sobre: Comentário sobre bailes

por Igor Marcelo (a pedido)

Devemos agradecer pr toda evolução no mundo dançante de um tempo p/cá.Já se foi o tempo em q a verdadeira moeda da vez era, simples e unicamente, a dança.Apenas se respeitava qm sabia dançar muito bm, e q, assim, só dançava cm qm tbm sabia e, dessa maneira, faziam shows particulares dentro do infinito universo q é o salão sendo qlqr q seja seu tamanho.Hoje em dia,estamos na direção da socialização,entretenimento,diversão,confraternização e saúde através da dança onde ñ há preconceitos, diferenças d cor,classe ou idade.Concordo plenamente q os bailes devem sr democráticos cm relação a tocar todos os ritmos: Bolero,Samba, Soltinho, Forró,Zouk,Tango e Salsa. Realmente ñ entendo o preconceito cm certos ritmos q são menos tocados q outros, mas tudo isso vem d um olhar crítico d um bom DJ p/pista q deve procurar entender q certos ritmos tenham músicas longas e outros, músicas curtas. Cm isso, por q ñ talvez compensar cm uma ou duas musicas a mais,já q assim igualaria em tempo dançado? É triste vr seleções montadas a gosto d DJs e ñ d alunos ou d como o contexto pede.Em relação ao dito marketing é bm relevante.Dentro d um baile devemos entender todas as possibilidades d aprovações q podem acontecer.Talvez sim usar o tempo do baile p/ fazer aulão seja um pouco desgastante p/ qm já dança há um tempo.Mas pr outro lado cm certeza é algo muito bom e estimulante p/ qm está apenas começando.Ñ vejo mal algum as rodas d cassino!Acho bm divertidas por sinal.E p/ qm não gosta, q dance apenas cm seu par,pois afinal d contas ninguém é obrigado a entrar na roda.O tal inusitado pedido de casamento com o consentimento do dono da escola, eu não presenciei pr ñ tr ido ao baile.Mas tenho certeza q foi algo muito bonito e d fato muito corajoso.rsrsr. Aposto q teve aplausos d muita gente.Eu pelo menos iria aplaudir e cumprimentar a pessoa.rsrsr.Fico feliz d vr q donos de escolas tenham relações tão boas cm as pessoas q freqüentam os bailes, sejam alunos,bolsistas ou professores d suas ou d outras escolas.Ñ podemos tr o pensamento tão fechado!Afinal o q há d mais em parar um baile por um breve tempo p/um acontecimento tão nobre?A todo o momento um indivíduo sai d casa cm o intuito d se divertir da maneira q lhe dê prazer.Seja ele fazendo algo q gosta cm uma performance d alto nível ou ñ.Sabemos sim da dificuldade q é d se dançar em ronda em qlqr baile,mas ñ levamos em consideração se a pessoa é iniciante e q por mais difícil q seja podemos sim circular o salão cm toda liberdade já q o salão é um universo infinito onde está sujeito a tudo acontecer.Sou defensor d alunos iniciantes,e aprecio muito quando vejo um salão mesclado cm todos os níveis onde ñ há diferença.Isso traz muita coragem p/um iniciante e vontade d aprender mais e mais,cortando qlqr dificuldade d aprendizado.Realmente o prazer da felicidade acima d tudo é o q um aluno qr!Uma vz eu estava no RJ e escutei JAIME AROXA dizer:A dança é uma forma d arte,pq quando vc dança exerce sua face artística, pois ñ estará sobre seu corpo e sim sobre sua alma celebrando a vida e nela o DNA da felicidade eterna!Vi um garoto aceitar um convite p/dançar d uma senhora e dançar cm todo o prazer e excitação pela dança fazendo apenas o passo básico no lugar.Dava p/vr todo a felicidade q fica marcado no rosto d uma pessoa.Talvez isso sim falte um pouco em BH.Em BH muitas pessoas parecem se importar em oferecer bailes bem organizados,cm DJs, estruturas modernas e etc ,sendo relevantes em alguns lugares é claro!A verdade é q falta em BH pessoas q no meio da dança se importem cm detalhes pequenos em relação à satisfação e ao prazer de seus alunos onde nem sempre saber executar vários movimentos tenha tanta importância.Desde q essa pessoa se satisfaça cm o pouco q tm q pode ser o suficiente p/sua felicidade.Ñ existe aluno ruim ou incapaz d aprender!Existem sim professores‘’picaretas’’q são incapazes d ensinar pr estarem alienados a verem apenas a parte de maior dificuldade d um aluno, esquecendo da facilidade e simplicidade q é d trazer prazer e alegria a uma pessoa.Tbm agradeço Wilson pelo espaço.Igor Marcelo 

BH Dança de Salão.com.br muito sobre a dança de salão de Belo Horizonte

quarta-feira, 28 de abril de 2010

DIa 29 de abril - Dia Internacional da Dança

O Dia Mundial da Dança será comemorado durante todo o dia o 29 de abril na Praça da Assembléia. Para celebrar esse dia, em 2010, vários profissionais de diversos estilos foram mobilizados por iniciativa de Cristina Machado, Rui Moreira e Roneis Rodrigues. O resultado foi a formação de um coletivo que promoverá um evento de narrativa poética das maneiras de se pensar e de se entender dança na capital e no interior de Minas.

A  Companhia de Dança  Palácio Das Artes, Movasse,  grupo de dança 1º Ato, companhia Baobá, grupo Sarandeiros, Espaço Dança- Dança De Salão,  Movimento Black Soul, escolas da Unidança, Dança Jovem, Flux Cia De Dança, Valores De Minas e o Corpo Cidadão são alguns  dos grupos profissionais, escolas, projetos educacionais  e grupos jovens que ocuparão a praça da assembléia realizando aulas, apresentações, exibição de vídeo dança  e intervenções no espaço público de Belo Horizonte. 

Um pouco mais sobre o dia

O dia internacional da dança vem sendo celebrado no dia 29 de abril, promovido pelo Conselho Internacional de Dança (CID), uma organização interna da UNESCO para todos os tipos de dança.

Entre os objetivos do dia da dança estão o aumento da atenção pela importância da dança entre o público geral, assim como incentivar governos de todo o mundo para fornecerem um local próprio para dança em todos os sistemas de educação, do ensino infantil ao superior, além de incorporarem em seus planos de ação cultural as demandas desta forma de arte.

Programação da comemoração:

11h às 13h
Grupo de Dança 1o Ato – Flor da Vida
Corpo Cidadão – Trem das Artes
M.E.I.O Artistas Associados – APPLES, Peter Lavratti
Arte Ponto Com – Escola de Danças – Dança Afro
Brasileira,Carlos Afro e Cia
Valores de Minas – Oficina de Dança e Energia, Bete Arenque

13h00 às 14h45
Dança de Salão
Apresentaçao das escolas | Pé de Valsa, Ponto da dança, Academia Espaço Brasil, Passo Básico, Espaço Dança.
Aula de Tango

14h45 às 16h
Trama Cia de Dança- Trechos do espetáculo Poesia para colorir papel com dobra Coletivo Dois  Contemporâneo – Intervenção Ação cidade contínua
Dança Jovem – Trecho do espetáculo Sinal de vento
Cia de Dança Palácio das Artes – Fragmentos do espetáculo 22 segredos

16h00
Dança Circular – Cristiana Menezes

16h50 às 17h20
Centro de Formação Artística – CEFAR – Pandemônio
Núcleo Artístico – Batuque
Compasso Academia de Dança- UNIDANÇA – Tributo ao Michael Jackson
Núcleo de Dança Tatiana Figueiredo – UNIDANÇA – ÍNDIO

17h21 às 18h20
Teatro da  Assembléia Legislativa
Políticas culturais para a Dança
Encontro da classe com representantes da Secretaria Estadual de Cultura
Fundaçao Municipal de Cultura e Universidade Federal de Minas Gerais.

18h20 às 19h30
Cia Baobá – Oficina de dança afro
Associação Cultural Adum Orixás – Dança Afro (Sabará)
1º Ato Centro de Dança –UNIDANÇA – Forró
Cia Fusion de Danças Urbanas
Dança urbana
Movimento Black Soul – Dj Abelha

19h45 às 21h30
1º Ato Centro de Dança – UNIDANÇA – Baiana
Grupo Dança 1 – Dança ao Pé da Letra
Cia Baobá – Corporeidades Negras
Constantine Oficina Cultural – Dança Cigana
Grupo Sarandeiros – UFMG
Academia Espaço Brasil – Apresetaçao de Rueda de casino
Espaço da Dança – Aula de Rueda de cassino

21h30
Sonho de Salsa | Música ao Vivo

SONORIZAÇÃO E AGRADECIMENTO:
Thomaz de Castro

VÍDEO-DANÇA
Praça da Assembléia
19h às 20h – Vídeo-Dança
MOVASSE – Coletivo de Criação em Dança
Flux Cia de Dança

Outros locais da Cidade:
Praça da Estação| 18h30
JAM SESSION – Marcelle Louzada

Palácio das Artes| 19h
Balé Jovem Palácio das Artes

Avenida dos Bandeirantes, 866 | 19h
Corpo Escola

Avenida Brasil 1238 | 9h as 20h
Nos salões da rua….| Várias apresentações da Escola Espaço Brasil

Produção e Organização
Cristina Machado, Roneis Rodrigues, Rui Moreira, Junia Bertolino, Thomaz de Castro

Divulgação
Hoy Pocilga, Sarah Vaz, Junia Bertolino


BH Dança de Salão.com.br - muito sobre a dança de salão de Belo Horizonte

Parabéns ao Mauro e Patrícia

Olá!

Parabéns ao Mauro Fernandes e Patrícia Santos pela vitória no Baila Floripa Duo 2010.


[]s
Wilson Milagres
BH Dança de Salão.com.br muito sobre a dança de salão de Belo Horizonte

Mauro Fernandes e Patrícia Santos são vencedores no Baila Floripa

texto copiado do blog Dança Catarina 
abril 28, 2010 por clarissepn 

VENCEDORES DO BAILA FLORIPA DUO 2010

Mauro Fernandes e Patrícia Santos levam o troféu de dupla campeã para Minas Gerais

Integrando a programação da IX Mostra de Dança de Salão de Florianópolis – Baila Floripa 2010, a Associação Catarinense de Dança de Salão (Acads) e a Cromo Eventos realizaram o Baila Floripa Duo 2010 – V Concurso de Danças de Salão, nos últimos dias 23 e 24, na sede central do Clube Doze de Agosto, durante os bailes de confraternização do evento. Participaram da disputa seis duplas, sendo três de Florianópolis, uma de Belo Horizonte, uma de Campo Grande e uma de São Paulo.

Nas etapas eliminatória e final, os casais mostraram seu desempenho durante dois minutos em cada ritmo – tango, salsa, zouk, bolero e samba –, numa sequência sorteada na hora por eles mesmos. Compuseram a comissão julgadora os bailarinos e professores Marcelo Amorim, de Brasília; Cíntia Fiaschi e Philip Miha, de São Paulo; Eugenia Eberhardt, de Buenos Aires; Jordan Frisbee e Tatiana Mollmann, de Los Angeles; que avaliaram presença cênica, apresentação visual, coreografia, técnica, harmonia entre o casal, ritmo e criatividade.

Na primeira fase do concurso, sexta-feira, foram anunciadas as quatro duplas que alcançaram classificação para disputar a final na noite seguinte. Novamente, partindo da pontuação zero, sábado, repetiu-se a mesma bateria de ritmos, porém com uma nova seleção de músicas.

Após as apresentações, os americanos Jordan Frisbee e Tatiana Mollmann, que vieram pela primeira vez à América do Sul especialmente para o Baila Floripa, abrilhantaram o salão com uma rápida apresentação. Nas duas noites, um público de cerca de 300 pessoas, literalmente se aglomerou e cercou a dupla para ver de perto bem de perto como se dança swing na costa Oeste americana. Entre um giro e outro, os dançarinos trocavam de parceiros, que enfileirados esperavam a vez. Foram ovacionados.

Já era madrugada de domingo quando o presidente da Acads, Guilherme Abilhôa, chamou os finalistas ao centro da pista para revelar os vencedores do Baila Floripa Duo 2010: Mauro Fernandes e Patrícia Santos, de Belo Horizonte, 1º lugar; Nando Berto e Júlia Soares Weiss, de Florianópolis, 2º lugar; Deny Ronaldo e Fabiana Chagas, de São Paulo, 3º lugar.

Eles receberam, respectivamente, como prêmio R$ 2.000,00 + dois pacotes para o Baila Costão 2010, R$ 800,00 e R$ 500,00. O evento Baila Costão ocorrerá de 29 de julho a 1º de agosto, no Costão do Santinho Resort & Spa, na praia do Santinho, extremo Norte da Ilha de Santa Catarina. Além disso, o casal vencedor já está automaticamente inscrito na mostra oficial do Baila Floripa 2011, pois atingiu nota média na etapa final superior a oito.

E, antes de o baile recomeçar, o dançarino Rodrigo Delano sorteou um pacote para participar do 6º BH Zouk, evento dedicado aos passos caribenhos do zouk que ele organiza anualmente em Belo Horizonte, agendado para 9 a 11 de julho. O contemplado foi Fabiano Pacheco, morador da capital catarinense.

Concorrentes
*Mauro Fernandes e Patrícia Santos – Belo Horizonte (MG) – 1º lugar
*Nando Berto e Júlia Soares Weiss – Florianópolis (SC) – 2º lugar
*Deny Ronaldo e Fabiana Chagas – São Paulo (SP) – 3º lugar
*Rodolfo Lorandi e Kamila Hoffmann – Florianópolis (SC) – 4º finalista
*Guto Heinzen e Letícia Juncklaus – Florianópolis (SC)
*Magna Gonçalves e Jorge Fernando Gonçalves – Campo Grande (MS)

Os campeões

Parceiros há sete anos, Mauro e Patrícia já conheciam o Baila Floripa. Participaram da segunda edição, em 2003, dançando uma salsa na mostra oficial. Somente agora, em 2010, retornaram selecionados com a coreografia “Esqualo”, um tango que foi apresentado sexta-feira.

Antes de saírem de Belo Horizonte rumo à Florianópolis, já haviam feito sua inscrição para o concurso. Ela chegou a Santa Catarina com uma virose, que lhe causou indisposição e um quadro febril. Mesmo assim, decidiram cumprir o compromisso de dançar no Teatro Governador Pedro Ivo e de competir no Clube Doze de Agosto. No sábado, dia da etapa final, a dupla quase desistiu. “Nós não vínhamos, porque a Patrícia acordou com 40 graus de febre. Mas pensamos melhor e resolvemos honrar o que tínhamos nos proposto”, conta o bailarino.

Estudante de jornalismo na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas), aos 30 anos, Mauro está encantado com a vitória. “Eu, realmente, não esperava. Nós não tínhamos torcida grande como os outros e ganhar aqui foi maravilhoso, pois é o melhor evento de dança de salão do Brasil”, opina, “a energia das pessoas, a organização, a educação da equipe, tudo é muito bom”. Segundo Patrícia, 23 anos, aluna do curso de arquitetura da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), “ganhar aqui é outra coisa. Nós tínhamos uma expectativa boa, mas não ideia de como ia ser”. Na avaliação dela, o Baila Floripa é mesmo o maior evento de dança de salão do País que abrange todos os ritmos.

Os dois são a parceria principal da Incomodança Cia. de Danças de Salão e componentes do projeto Ímpares, que reúne os grandes nomes da dança em um mesmo palco. Já se apresentaram em diversos festivais do Brasil e venceram eventos importantes, como o Festival Internacional de Dança de Cabo Frio e o Festival de Danças de Araxá, que renderam a Patrícia o apelido de Pernas Mágicas. Mauro já assinou mais de dez espetáculos e também criou a Técnica Popular de Danças de Salão. Na “Dança dos Famosos” 2009, no programa “Domingão do Faustão”, foi professor da comediante Katiuscia Canoro, a Lady Kate do “Zorra Total”.

BH Dança de Salão.com.br muito sobre a dança de salão de Belo Horizonte

terça-feira, 27 de abril de 2010

Comentáio sobre o texto: Comentário sobre bailes

por Wilson Milagres
 Olá! Também vou fazer uso desse espaço...

Eu, há muito tempo, institui a "Memórias de um baile", onde o objetivo é de informar o que aconteceu no baile e quais são as características do espaço onde o baile foi realizado. Isso, porque, muitas vezes, antigamente, queria ir a um baile e não sabia nada do que ia encontrar. Então, surgiu a demanda e a traduzi nas memórias.
Sempre disponibilizei o espaço para todos, mas parece que ninguém quer expor suas memórias.
Bem, em memórias de um baile, um de meus objetivos é tentar sensibilizar a escola ou promotor do baile para a importância de se dançar em ronda (linha de dança, ou outro nome que se quiser dar).
O baile em ronda acontece organizado e satisfatório para todos. Isso é questão de educação! Existe um baile em BH - Milonga do Milo (peço licença para citá-lo) - que tem essa característica e o baile é super organizado. Até forró, eu presenciei, as pessoas dançando em ronda.
Contra isso, não existem argumentos que me façam pensar em outra coisa senão, que a ronda é uma questão de educação. Educação que os iniciantes de dança de salão deveriam ser constantemente arguidos nas salas de aulas, mas não o são. Os professores deixam esse aspecto relaxado.
Chamam a atenção de vez em quando, mas não exigem. O resultado pode ser visto em todos os bailes de BH, exceto a Milonga do Milo: em muitos baile nem se consegue deslocar, e para piorar as pessoas param para conversar na pista de dança. Em outros bailes se desloca enquanto o baile está vazio, e em outros o deslocamento é possível, mas contido.
Mas o pior está por vir: existem bailes que a ordem é "serrotar" - serrotar ou serrote é o termo que uso para os que dançam atravessando simplesmente o salão, sem nenhuma preocupação com os outros que estão dançando. As consequências podem ser "sentidas": trobadas, pisões nos pés e desconformto geral.
Por isso, continuo a batalhar pela ronda!

Outro aspecto é a seleção musical: depois que li o texto do Iata Anderson e os diversos comentários sobre esse mesmo texto, fiquei pensando o que seria a seleção musical ideal.
Seria aquela de gosto e sentimento do DJ ou dos frequentadores. Mas, como conhecer os frequentadores e elaborar uma seleção musical adequada. Em raras excessões, ouvi uma seleção musical extraordinária.
Existem bons DJ em BH, mas são raros os que colocam seleções musicais extraordinárias, repito.

Bem, interações no baile eu já sou de acordo. Nos dois únicos bailes que ajudei a realizar, nossa preocupação principal era de gerar sociabilização entre os convidados.
É conhecido que em muitos bailes, as "panelinhas" se formam e para os que não transitam em todas elas, a inibição é presente e ficar sem dançar pode acontecer.
Nós sempre tivemos a preocupação de haver uma interação para que todos pudessem partricipar (se quisezem, é claro - ninguém era obrigado) e promover o "conhecimento" entre todos.
Não sei se por esse aspecto ou pelo conjunto da obra, sempre somos questionados do porque paramos de fazer os bailes, pois eram, segundo os questionantes, um bom baile.
Pode ser roda de cassino, pois dentro de certas circunstâncias, é muito gratificante, para os que participam e para o s que assistem.

Bem, bailes são pra ser frequentados, seja pelos alunos da academia, seja pelos convidados ou autoconvidados. Caso o baile seja somente para alunos da academia, creio que a melhor politica seja não divulga-lo para externos, como faz uma escola de dança que conheço: ela divulga o baile somente entre seus alunos. E então concordo com o postulante do texto a comentar: se pagamos para entrar no baile, podemos pedir melhorias.
E estamos sujeitos a espetáculos particulares e a pavões e peruas. O que não pode são os pavões abrirem caminho na dança usando a parceira, como muito se vê em bailes de BH. Mas se "apresentarem", porque não!?
Não se deve esquecer que, um dos grandes meritos da dança de salão, dentro muitos outros, é a sociabilização; é a confraternização, é o conhecer outras pessoas. Caso não seja esse o intuito, faça o baile somente para os seus. Não o divulgue.

[]s
Wilson Milagres


BH Dança de Salão.com.br muito sobre a dança de salão de Belo Horizonte

Réplica: Comentário sobre bailes

por Iata Anderson

Um salve para todos os que comentaram minha opinião, que deixaram o status negativo ou positivo... Quem sabe mais pessoas saiam de "sua zona de conforto" e façam parte, comecem a pensar sobre o assunto e expor o que é bom ou ruim, frio ou quente, mas que façam alguma coisa.

Não é intenção lavar roupa suja no site do Wilson uma vez que todos têm o mesmo direito de se expressar. Concordem ou discordem à vontade... Tornei publico meu comentário, é normal, não faria nenhum sentido publicar sem o retorno das pessoas.

Ao colega Cassiano - Não me lembro de ter postado que eu não sei dançar roda de cassino ou dito o que sei ou não sei dançar. Minha opinião é que roda de cassino prioriza apenas algumas pessoas além de ocupar boa parte do salão. Prefiro a dança de casais.

A idéia principal do meu comentário é sobre a mudança da dança de salão no que diz respeito a democracia do baile, ao cuidado com as pessoas que freqüentam os mesmos como ; educação, gentileza, respeito ao local de dança, ronda, serviços do baile como bar, DJ entre outras coisas que toda pessoa que promove esses eventos deveria se preocupar.

Os bailes acontecem porque existem pessoas e cada uma tem uma personalidade, têm raízes de dança de diferentes, educação, princípios, valores que levam a comportamentos diferentes, extravagantes ou mais contidos. Portanto se cada "pavão" respeitasse o limite do colega no salão resolveria boa parte dos problemas.

A aqueles que ainda são inibidos, que tem pouca segurança na hora de dançar, que não dominam os passos que aprenderam é normal ficar intimidado ou até mesmo admirado e quem sabe mais motivado a fazer mais aulas e alcançar um domínio mais interessante.

Em pista cheia não é legal movimentos acrobáticos e espaçosos. Acho mais conveniente chegar mais cedo ou esperar que a pista fique mais vazia.
  
Com relação aos DJs penso o seguinte: Existe formação para DJ de dança de salão?
Pelo que vejo nos bailes quem cuida do som é o próprio professor ou um desses: Bolsistas, monitores e em alguns casos amigos, colegas ou simpatizantes que se oferecem para fazer o serviço. Tocar as mesmas musicas que rolam na sala de aula não surpreende ninguém.

Conheço pessoas que se dedicaram a buscar bom material, pagam internet banda larga, ficam horas selecionando musicas, testando a qualidade, buscando novas versões, otimizando equipamentos, adquirindo caros aparelhos, placas de som, players etc. E mal ganhavam uma cortesia para um acompanhante nos bailes que tocavam. Ou seja, nenhuma valorização.

O organizador do evento não percebe que o Dj também leva a conhecimento das pessoas o seu baile. Um bom DJ “garante” musicas de qualidade e isso reflete em todo o processo do baile.

Ser Dj de um baile é uma grande responsabilidade. Imaginem vocês curtindo uma boa musica, um momento único e de repente a musica para! Arranha, pula... Qual lembrança do baile vai levar pra casa?

Sem contar os aventureiros que tocam de qualquer maneira, sem sensibilidade, que não preparam o baile, usam as musicas que estão disponíveis ali mesmo... " qualquer musica ta bom ? "

100 pessoas na casa e 3 casais dançando um determinado ritmo e a seqüência é de 3 musicas... Seria no mínimo falta de cuidado tocar a próxima musica do mesmo ritmo. ( Isso acontece muito por ai ).

Ao colega Douglas - Como definir o "estilo" que você colocou?
Existem academias que tem uma tendência a algum ritmo especifico; Isso varia de acordo com a formação do professor, do ponto de vista da época ( Tipo carnaval toca mais samba ), Publico alvo ( jovens curtem muito forró, zouk ), casais, pessoas de meia idade ou melhor idade se inclinam para o bolero, tango Etc..
A questão que eu coloquei foi sobre a falta de sensibilidade de quem comanda o som no baile.
Se você vai a um baile de forró e zouk, não há o que se queixar se você gosta de bolero. Mas se você vai a um baile de dança de salão e o bolero ou o soltinho não toca, ou se toca uma sessão de 6 zouks ou 4 salsas ( que normalmente tem mais de 4 minutos ) seria inapropriado sentir falta e reclamar ?
Para completar - Não tenho nada contra pedidos de casamento desde que feitos em locais privados ( numa mesa do baile por exemplo ). Assim ficaria bem mais elegante e o noivo não correria o risco de receber um "Não" em publico e não privaria as pessoas do baile que não é particular. Porém respeito o seu direito de achar "legal" o pedido de casamento.

Ao "colega" Flavio do RJ - Agradeço o comentário do "meu" ponto de vista, porém tenho minhas duvidas se você realmente "leu e entendeu" a minha opinião.
Em nenhum momento disse que alguém me obriga a ir a algum local e me admiro com sua afirmação de ter tanta certeza da maioria ou minoria das opiniões e convicções de tantas pessoas das quais você desconhece.

A "professora e proprietária da escola ( sem nome ) do Barreiro - Luciana –
O espaço cedido no blog é para que as pessoas não se calem... Também por isso resolvi não consentir.
Faço votos que você tenha muitos alunos. Se você não tem a intenção de agradar outras pessoas que não os “seus” alunos, fico imaginando que “seus” alunos são pessoas iluminadas, privilegiadas mesmo. Parabéns!
Tem um ponto que eu concordo plenamente com você Luciana " Quem freqüenta a "casa dos outros" realmente "não deve" ditar normas... Mas podemos elogiar ou mesmo criticar os locais de dança de salão afim de que melhorem os "serviços". Se na sua academia você faz baile de graça, ai sim, com certeza todos que lêem o blog vão te dar “alguma” razão inclusive eu que te escrevo. Aceitar criticas faz parte do crescimento profissional. Uma amiga me disse certa vez “ Criticar é diferente de ofender”. Não é meu propósito ofender a nenhuma pessoa e se você ficou ofendida, perdoe minha opinião. Se o seu baile é para apenas “seus” alunos não faz sentido preocupar-se com criticas.

Bom pessoal, mais uma vez agradeço aos comentários. De vez em quando vou postar aqui situações vividas nos bailes de BH, SP e RJ etc.. e também congressos. Concordem ou discordem, critiquem ou elogiem, vamos usar o espaço para que tenhamos cada vez mais um melhor serviço, melhores bailes.

BH Dança de Salão.com.br muito sobre a dança de salão de Belo Horizonte

Memórias de um baile: Hard Rock Café

Olá!

Sábado foi a vez do Hard Rock Café. Local excelente, apesar de longe - Nova Lima. O estacionamento foi utilizado.

A ventilação muito prejudicada. Parece que não ligaram o ar condicionado.

O piso de pedra com madeira, não prejudica muito a dança.

Confeso que decepcionei dessa vez, pois o anúncio que a mim chegou, informava dança de salão com zouk e o que na prática aconteceu foi muito zouk e um bloco somente de samba e forró, coisa de 6 a 7 músicas.
Era preferível divulgar que era somente zouk ao ocorrido.

A seleção musical regular.

No mais, a decepção foi o destaque.

[]s
Wilson Milagres

BH Dança de Salão.com.br  - muito sobre a dança de salão de Belo Horizonte

Memórias de baile: Forró do Bartô

Olá!

Sexta fui ao Forró do Bartô, no Espaço Skené. Facil localização e de se estacionar, a não ser pelo péssimo motorista, que praticamente me prendeu, quando da saída.

O forró começou vazio, mas no meio da noite já tinha um bom público.

O piso é de cimento e a ventilação, apesar de ser aberto nas laterais, fica um pouco prejudicada.

A seleção musical boa, pra quem gosta muito de baião e gonzagão. Não é o meu gosto.

No mais, divertido forró.
 
[]s
Wilson Milagres

BH Dança de Salão.com.br muito sobre a dança de salão de Belo Horizonte

Memórias de um baile: Baile daPasso Básico

Olá!

Dia 20 de abril estive no Baile da Passo Básico, no Espaço Skené. Boa localização e estacionamento fácil.

O baile estava bastante cheio. O piso é de cimento liso; facilita a dança, mas prejudica um pouco as articulações.

A seleção musical foi de regular pra boa. Ritmos bem distribuidos, mas quase que faltou bachata!

Teve o sorteio de aulas com professores. Senão para o microfone, que não funcionava direito.

No mais um bom baile!
 
[]s
Wilson Milagres

BH Dança de Salão.com.br muito sobre a dança de salão de Belo Horizonte

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Dia Internacional da Dança

Olá!

Dia 29 de abril é o Dia Internacional da Dança.
E Belo Horizonte vai comemorar a data com grandes apresentações na Praça da Assembléia.

Veja a chamada abaixo com a programação:

"Dia 29/04, quinta feira é o dia Internacional de Dança....
de 11:00 às 21:30, Praça da Assembleia haverão apresentações e intervenções em prol da arte...
Compareça e prestigie!

A grade de programação está sendo revista, mas a data já é de conhecimento: 29 de abril às 11h na Praça da Assembléia.

Mais informações:  http://diadanca.wordpress.com/



[]s
Wilson Milagres

BH Dança de Salão.com.br muito sobre a dança de salão de Belo Horizonte

Novos cursos de dança de salão - abril e maio/2010

Olá!

Nesse final de abril e mês de amio, estarão abertas novas turmas de dança de salão.

Veja abaixo a melhor opção:


Espaço Brasil - 3213-3803:
Samba - início em 4 de maio:
Terça e quinta às 18h3omin

Salsa - inínio em 5 de maio:
Quarta-feira às 20h30min

Zouk - início em 7 de maio:
Sexta-feira às 19h00min

Bolero, samba, rock e forró - início em 4 de maio:
Terça e quinta às 12h30min

Dança e Arte - 3264-9910:
Dança de salão - segunda às 19h30min

Samba tradicional e forró - terça às 19h30min

Rodrigo Delano - 3292-7976:

Samba a dois - início em 27 de abril
Terça-feira às 20h00min

West Coast Swing - início em 28 de arbil
Quarta-feira às 21h00min

Oito Tempos - 2555-2081:
Bolero, samba de gafieira e forró - início em 28 de abril
Quarta-feira às 19h30min





[]s
Wilson Milagres

BH Dança de Salão.com.br muito sobre a dança de salão de Belo Horizonte

4 anos de Caçadores de Bailes BH


Olá!

No último dia 25 de abril a Comunidade Orkut Caçadores de Bailes BH fez 4 anos de existência. Sendo ela a origem do blog e do site BH Dança de Salão, agradeço todos que fizeram ela "viver" esses 4 anos.

Obrigado!


[]s
Wilson Milagres

BH Dança de Salão.com.br muito sobre a dança de salão de Belo Horizonte

Texto: Dança: expressão da alma

por Marco Túlio A.G. Jr. (aluno de dança de salão)

Frederich Nietzsche, filósofo alemão, em um de seus ensaios, uma vez afirmou que a música é a mais pura das formas de arte, pois atinge, sem intermédio, direto a alma. Então pergunto: o que seria a dança? Concluo: é a expressão da mais pura arte, é a expressão da alma. A Dança de Salão ainda consegue mais: a união de DUAS almas em uma única música, duas pessoas deslizando pelo salão em uma harmonia tão perfeita que parecem ser uma só.

Na minha tola opinião, dançar não é apenas uma simples execução de passos: é entrega, é pura poesia, harmonia, cumplicidade, realmente coisa de alma e coração. Eu ouso dizer que chega a ser um “relacionamento” de alguns minutos, tamanha a entrega dos dançarinos. O que percebo hoje, infelizmente, é que muitas pessoas estão mais preocupadas em exibições acrobáticas e em verdadeiras competições de dança durante os bailes em lugar de entregar sua alma à essência da dança, da arte. Em bailes vejo algumas pessoas se preocuparem mais em criticar quem está dançando e se apegarem a protocolos no lugar de realmente se divertirem e se entregarem ao ritmo, à música, que é a essência de qualquer dança.

Conheci minha AMADA namorada, atual noiva, no ambiente da dança de salão. Foi magia pura num baile na academia que, mais tarde me tornaria aluno. Toda nossa história se passou ali, desde o inicio, e as pessoas acompanharam. Por isso, meu pedido de noivado foi feito lá, em um baile de Tango, ritmo que tanto adoro e próximo às pessoas que incentivaram e torceram pelo meu relacionamento. Fiz, com o apoio do meu professor e dono da academia, que se tornou para nós, eu e minha AMADA, parte da família. E digo mais: nunca recebi tantos cumprimentos quanto naquele dia. Eram pessoas que muitas vezes eu nem conhecia e outras que me viram chegar lá, desde o primeiro dia, todos animados e felizes por nós. Ainda bem que existem pessoas assim: sensíveis e respeitosas.

Já estive em bailes e casas de show do Oiapoque ao Chuí e muitas delas abrem espaços para homenagens a aniversariantes e outros casos especiais... Naquele dia, naquele baile, era minha história e da mulher que eu amo, união de duas almas. Dançamos um bolero, que afirmo ter sido o melhor que já dancei na minha vida . Sequer me lembro dos passos que executei. Dançamos com alma, dança de verdade... Dança é isso: é sentimento, é amor.

Giovanni e Ponto da Dança, obrigado pela oportunidade. Que bom que academias como esta fazem com que nos sintamos parte de uma grande família.

Chego a pensar que estamos passando por momentos complicados em relação a valores. Para que um baile seja bom, tem que ser sem alma? Baile frio? Com pessoas que simplesmente só querem exibir-se ou queixar-se? Que isso pode e aquilo não? O que é certo e errado? Quando vamos a um baile, sabemos que ali encontraremos pessoas com níveis diferentes de dança e que cada uma delas carrega sua história. Quem quer apenas exibir-se, que procure uma companhia de dança e inscreva-se! Bailes não têm este objetivo ou pelo menos não deveriam ter. Não os bons bailes!

Gostaria que as pessoas se lembrassem disso tudo, não só para melhorar nossa qualidade de dança, mas também para tornar os bailes que frequentamos muito melhores, dançando com amor, alma, harmonia, entrega, cumplicidade, equilíbrio, paz, essência...

E para finalizar, gostaria de dizer que considero a Roda de Cassino um momento de integração para quem não liga em se arriscar e quer se divertir.

Obrigado pelo espaço.

BH Dança de Salão.com.br muito sobre a dança de salão de Belo Horizonte

Texto: Cavalheiros sobrando!!!?

por Elaine Reis (professora e proprietária da Academia Pé de Valsa)

Dentro da unidade II da academia Pé de Valsa, situada no bairro Carlos Prates, na Índia e China a quantidade de homens é superior à de mulheres.
Parece piada, mas não é. Até hoje fico pasma e ainda não consigo entender o motivo deste fato tão raro no que se refere à dança de salão, já que na maioria dos lugares é o contrário: o público feminino é maior que o masculino.
Primeiro, imaginei que era por causa da proximidade com a Avenida Pedro II, pois nesta predomina comércio de autopeças, carro, borracharia, casas de bateria, tinta, oficina mecânica, etc. Mas, ao ver os endereços dos freqüentadores matriculados na academia, percebo que não há nenhuma relação.
Imaginei também que poderia ser devido ao fato de que as aulas coletivas são ministradas por uma pessoa do sexo feminino. Mas procurei ter informações com os meus concorrentes da região que têm o mesmo perfil e, para minha surpresa, eles não têm esta predominância de cavalheiros.
Meu marido fica com inveja branca, pois na unidade da Cidade Jardim acontece justamente o contrário: sempre há mais mulheres.
Comento sobre esta dificuldade que às vezes passo, pois mulheres aceitam dançar juntas, mas homem com homem é bem mais complicado.
Se bem que os meus alunos avançados e intermediários já estão acostumados e levam esta história com muito bom humor, mesmo porque tem que ser muito macho para dançar com homem. Rsrsrs! E todos sabem que dançar com homens fazendo o papel de dama não afeta a masculinidade, não é mesmo?
Apelo às mulheres que moram na região do Carlos Prates: venham fazer dança de salão, aqui com certeza vocês terão um par para dançar!

BH Dança de Salão.com.br muito sobre a dança de salão de Belo Horizonte

terça-feira, 20 de abril de 2010

Comentário sobre bailes


por Iata Anderson
Vou pegar carona na maratona do Wilson, pois o vi em um dos bailes da cidade neste ultimo fim de semana. Certa vez um gerente da empresa que eu trabalho fez um comentário assim : "Se voces não reclamam é porque está tudo bem"... ou seja - Quem se cala , consente. Portanto lá vai chumbo !!
Não vou citar nomes das academias para que as mesmas não se sintam injustiçadas por minha opinião - Porém quem esteve presente deverá se recordar e fazer sua reflexão.
Como consumidores, clientes e frequentadores e principalmente pagantes, temos o direito de expor nossa opinião, critica , sugestão ou elogio.
Nada tenho contra a pessoa dos donos das academias - que isso fique claro - pois muitas ou quase todas eu conheço em BH. Não são minhas amigas, muito menos intimas, portanto minha opinião diz respeito aos serviços prestados.
Estivemos no ultimo Sabado num baile tradicional e a sensação mais adequada que é a minha opinião, seria o caos.
Todos sabem da dificuldade de se dançar em ronda em qualquer baile seja BH, SP , RJ... onde for. Na minha humilde experiência de bailes, nunca me senti tão preso e limitado no salão.
Como se já não bastasse as pessoas dançarem qualquer ritmo no mesmo lugar e voltar na contra-mão, diversas pessoas faziam do salão de dança a cozinha de casa. Como escreveu o colaborador Fábio Gomes Paulino, aproveito e dou uma pitada " A dança de salão está cada vez mais descaracterizada e em alguns momentos está pior que o rebolation "... Pois a dança do rebolation para quem nunca assistiu, é executada de acordo com a musica; Bem diferente de muitos cavalheiros e damas no salão sem a menor preocupação com a musica, ritmo, mensagem...
Fico impressionado com algumas academias que ainda insistem em fazer marketing anti democratico.
Usar o tempo do baile para fazer aulão é o Ó do borogodó ! Que seja 5 min... acho absurdo. Aulão é sempre a mesma coisa, um saco e desrespeita quem é pagante e consumidor que deseja usar o tempo do baile para convidar os dançarinos ao salão.
A melhor propaganda da academia são os alunos dançando bem,concientes e conduzindo, reflexo do(s) professor(es) que deve ser o exemplo.
Já estive em bailes onde o professor parou a musica 3 vezes para pedir encarecidamente para respeitarem a ronda.
Aconselho a todos os dançarinos exporem suas criticas e sugestões, aproveitarem o espaço para que os responsaveis pelos bailes e donos de academias se sintam comprometidos com a satisfação de seus alunos e frequentadores.
Baile de dança de salão deve ser democrático, tocar todos os ritmos : Bolero , Samba, forró, soltinho, tango, salsa e zouk no minimo. Existem locais que tocam 5 forrós, 1 bolero, 7 sambas , 0 soltinhos e por ai vai... Não há o minimo preparo. Deixam o computador fazer o serviço. Se tem 2 casais dançando uma salsa e 100 pessoas no baile, ainda tocam mais 2 salsas... ou seja, nenhuma sensibilidade.
Quem quer fazer aulão, promova festa particular; Roda de cassino -Faça festa particular;
A algumas semanas presenciei o baile parar para um inusitado pedido de casamento. Tudo com o consentimento do dono da academia. Isso só vi uma vez e Graças a Deus que foi só 1 vez. Como se não fosse suficiente, neste mesmo baile as musicas não tinham começo e fim... Imagine um tango sem inicio ou finalização ! A sensação era de não saber qual musica estamos dançando pois antes da primeira musica acabar entrava outra no lugar e assim sucessivamente... Muita gente ficou constrangida e incomodada com a situação inclusive eu. Salvo o remix de zouk que as vezes cabe esse tipo de recurso, mas para os outros ritmos foi um experimento mal sucedido do Dj do baile.
Em BH , poucas pessoas parecem se importar em oferecer bailes bem organizados, com Dj, estrutura e logistica para as pessoas e como a oferta disso é cada vez menor, reflete-se nas pessoas que já não sentem falta desse cuidado.
Por enquanto é isso...
Agradeço Wilson pelo espaço cedido as criticas, relatos e sugestões dos usuarios do seu blog.

BH Dança de Salão.com.br muito sobre a dança de salão de Belo Horizonte

Memórias de um baile: Uma noite pra você (Espaço Brasil)

Olá!

No dia 16 de abril foi o dia de baile da Espaço Brasil. Estacionamento fácil e local de rápida localização.

O piso é um dos melhores que existem: taco de madeira. Além de facilitar muito a dança, não machuca as articulações.

A ventilação foi adequada.

A seleção musical não foi das melhores, previlegiando muito o samba e não tocando outros diversos ritmos.

Senão para as pessoas que ficam conversando quase no meio da pista e que dificultam muito a dança. Dança em ronda: nem pensar.

Teve apresentação de salsa e roda de cassino, e roda de aniversariantes.

No mais, um baile regular.


[]s
Wilson Milagres

BH Dança de Salão.com.br muito sobre a dança de salão de Belo Horizonte

16ª agenda de bailes e eventos dançantes de Belo Horizonte

Olá!

E o fim de semana da dança começou mais cedo essa semana, pois hoje já temos vários bailes, que se estendem até segunda da próxima semana.
Aproveite bastante, mas não se esqueça de dançar em ronda!

Segue a agenda até o dia 26 de abril:

Terça:
Baile Passo Básico no Espaço Skené na Alfredo camaratte,299-São Luiz às 21h30min (nesse eu vou!)
Baile de tango com dança de salão na Dança e Arte na Antonio de Albuquerque,98-Savassi às 21h30min
Baile de abertura da estação Outuno-Projeto Dance nas 4 estações na Pé de Valsa na Teixeira de Freitas,478-Cidade Jardim às 21h30min
Forró do Ponto no Ponto da Dança na Olegário Maciel,1149/204-Lourdes às 22h00min
Workshop de tango nuevo com Roberto Herrera na Espaço Brasil na Brasil,1238-Funcionários às 20h30min

Quinta:
Workshop de tango nuevo com Roberto Herrera na Espaço Brasil na Brasil,1238-Funcionários às 20h30min

Sexta:
Baile do Acácio de Souza no Centro Gafeirando na São Roque,505-Sagrada Familia às 20h00min
Baile de tango na Espaço Brasil na Brasil,1238-Funcionários às 21h00min

Sábado:
Dança de salão e zouk na Hard Rock Café na Senador Milton Campos,155-Vila da Serra-Nova Lima às 19h00min
Baile Top Mix na Top Dance na Grão Mogol,800-Siion às 21h00min
Baile da A2 na Rio Grande do Norte,783-Savassi às 21h00min
Union Latina no Passo Básico Betim na Nossa Senhora do Carmo,555-Centro-Betim às 21h30min

Domingo:
Zouk e Forró na Zep Tep na Bahia,2717-Savassi às 18h00min
Milonga del  los domingos na Top Dance na Grão Mogol,800-Sion às 19h00min
Domingo Dançante na Corpo & Arte na Padre Marinho,340-Santa Efigênia às 19h30min

Segunda:
Baile no Michelle Mazzini (Projeto Dança de Salão) na Tereza Cristina,5000-Nova Suiça às 20h00min

Eventos que vêm por ai...
Jantar Dançante no Circulo Militar (dia das mães) na Raja Gabaglia, às 20h00min de 8/mai
Festa das Mães Ritmus na Ritmus na Prof.Magalhães Drumund,33-Savassi às 22h00min de 8/mai
Baile Show Minas no Clube dos Sargentos na Alvares Maciel,108-Santa Efigênia às 22h00min de 21/mai
Baile de 15 anos da Passo Básico no Quiosque na Raja Gabaglia,3375-São Bento às 22h00min de 22/mai

Então muita diversão, mas não se esqueça: dançar em ronda.
Nos encontramos em algun baile!

[]s
Wilson Milagres

BH Dança de Salão.com.br muito sobre a dança de salão de Belo Horizonte

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Memórias de um baile: Vem dançar comigo! (maratona de dança)

Olá!

Completando a maratona de dança de sábado, fui ao baile Vem dançar comigo! no salão de festas da Igreja de Nossa Senhora do Carmo, no Sion. Baile que teve o apoio da Top Dance.

O local é fácil de se encontrar, mas um pouco difícil de se estacionar próximo.  O piso é de composto, parecido com pedras, mas não sei caracteriza-lo melhor. O piso facilita a dança, mas é duro. A ventilação estava adequada e confortável.


A seleção musical ficou por conta do DJ Denilson, com alguns probleminhas no som, mas que não chegou a prejudicar o baile.

Tiveram apresentações diversas dos alunos, bolsistas e professores da Top Dance e também sorteios.

No mais, um bom baile!

[]s
Wilson Milagres

BH Dança de Salão.com.br muito sobre a dança de salão de Belo Horizonte

Memórias de um baile: Cênica (maratona de dança)

Olá!

Sábado tivemos mais uma maratona de dança. Começou pela Cênica, no Barroca Tênis Clube. O local é fácil de se encontrar e de se estacionar.

Bom, a primeira surpresa foi ver que diminuiram a pista de dança. O clube reformulou os espaços e diminuiu o salão de festas. Prejudicou um pouco o espaço de dança e também a ventilação.

Porém o baile foi tranquilo, com uma seleção musical agradável.

No mais, um bom baile!

[]s
Wilson Milagres

BH Dança de Salão.com.br muito sobre a dança de salão de Belo Horizonte

Texto: Só no rebolation

por Fábio Gomes Paulino (aluno de dança de salão e pós-graduando em Liderança e Gestão de Pessoas)

Coqueluche: por definição médica uma doença que ataca o sistema respiratório, de forma infecciosa e altamente contagiosa, adquirida pelo ar através de uma bactéria cujo hospedeiro é o homem. Seu período de incubação vai de seis a vinte e um dias tendo como principal sintoma uma insuportável tosse comprida.
O Brasil e suas doenças endêmicas... aquelas que ocorrem em uma determinada região e facilmente são espalhadas, é gripe do frango, do porco, febre amarela, mas atualmente estamos passando pela coqueluche do rebolation.
Para defini-la como “doença”, ou não, acho que a medicina vai se omitir e deixar que os céticos do plantão analisem as condições, no entanto os sintomas são claros: um corpo que se agita dos pés a cabeça mexendo as mãos, indo de um lado ao outro e rebolando sem parar, seu contágio é por meio do ar meeeessssmo, mas como estamos na era High tech o ar que espalha é o ar dos íons que antenas dos rádios utilizam.
O hospedeiro: o homem, porém seu vetor é outro homem que anda rebolando e “abaianando” novamente do Oiapoque ao Chuí. Quanto ao período de incubação já superou a doença oficial, estamos “rebolando” e este "estamos" inclui eu, você, nossos filhos e até os presidenciáveis, desde o carnaval, lá se vão, vamos ver, mais de quarenta dias... (será uma quarentena?!?!?!?)
Realmente os tempos são outros, as doenças, os vírus e as vacinas também... será a mutação dos genes, do nosso ouvido?!?!?!?!
Mas acima de tudo damos á mão à palmatória, se é para fazer as pessoas se alegrarem, cantarem e por um momento, ainda que um momento, cada vez mais fugaz, esquecerem de suas mazelas e se sentirem o povo mais feliz do mundo, o brasileiro é mister na criação de canções e jeitos de dançar. Mérito mais uma vez da Bahia que sempre acerta, hora no alvo, hora no ouvido das pessoas.
E assim o brasileiro segue, entra ano e sai ano, aguardando a “música do ano” e rebolando para enfrentar seus problemas, equilibrar os pratos das contas do mês e caminhar na corda bamba de sombrinha, como cantou Elis Regina, no dia a dia.
A onda agora é mesmo estar no Rebolation. Quando perguntarem como enfrentar um dia duro de trabalho, estudar, cuidar da casa, equilibrar o orçamento, atingir as metas, permanecer nas margens... só no rebolation.


BH Dança de Salão.com.br muito sobre a dança de salão de Belo Horizonte

West Coast Swing - nova turma na Rodrigo Delano

Olá!

A Academia Rodrigo Delano está com formação de nova turma de West Coast Swing. A turma será na quarta-feira, no horário de 21h00min, e terá início na quarta, dia 28 de abril.

Mais informações: 3292-7976

[]s
Wilson Milagres

BH Dança de Salão.com.br muito sobre a dança de salão de Belo Horizonte

Dia Internacional da Dança

Olá!

Dia 29 de abril é o dia Internacional da Dança.  E Belo Horizonte vai comemorar a data com grandes apresentações na Praça da Assembléia.
Veja a chamada abaixo com a programação:

"Dia 29/04, quinta feira é o dia Internacional de Dança....
de 12:00 às 21:30, Praça da Assembleia haverão apresentações e intervenções em prol da arte...
Compareça e prestigie!

Kelly e Demetrius - Academia Pé de Valsa, estarão por lá!

Confira a programação!
12:00-Oficina de Dança e Energia-Valores de Minas
13:00-Demétrius/Kelly (zouk), Fabiana/Daniel (tango), Roneis/Carla (tango), Exibela Robson (salsa)
14:45-Trama-Joelma
15:00-Dança Jovem-Fabio/Ester
15:40-Cia de Dança do Palácio das Artes
15:50-Núcleo Artístico-Wesley Ribeiro, Marcelle-Jam Session
17:00-Constaine Oficina Cultural-Elisabete-Dança Cigana
17:30-Critiana Menezes-Dança Circular
18:00-Cia Baobá-Junia Bertolino-Performace
18:20-Cia Boabá-Junia Bertolino-oficina afro
19:30-CEFAR-PA-Pricila Fiorini
19:40-Ballet Jovem Palácio das Artes
20:00-Associação Cultural Adum Orixás-SABARA/Madu-Dança Afro, Cia Fusion de Danças Urbanas-Jefferson Rodrigo
20:30-Sarandeiros     
20:50-Grupo dança-UFMG-Isabel Coimbra         
21:00-Espaço Dança-Roneis-Rueda de Cassino
21:30-Sonho de Salsa-Rafael-Salsa"

Agradecimentos à Kelly e Demetrius, que enviaram a informação!

[]s
Wilson Milagres

BH Dança de Salão.com.br muito sobre a dança de salão de Belo Horizonte

Texto: Agradecimento


por Elaine Reis (professora e proprietária da Acadmia Pé de Valsa)

Primeiro ao Wilson Milagres que, mesmo não trabalhando na área da cultura, está prestando um grande serviço de comunicação e união, através do seu blog, devido ao simples fato de amar a arte de dançar a dois.
Agradeço pela atenção de sempre editar os meus textos e pelo discernimento de não privilegiar e sim reunir e dar força à dança de salão em todos os seus aspectos.
Ao Fábio Paulino, pelo belo texto, onde poesia, metáfora e realidade se misturam em um requinte admirável.
Aos meus concorrentes leais e desleais, pelo simples fato de me manterem ativa, saindo da estagnação e buscando cada dia galgar níveis mais elevados de conhecimento.
Aos meus alunos, que fazem o meu dia-a-dia mais feliz!

BH Dança de Salão.com.br muito sobre a dança de salão de Belo Horizonte

Audição para bolsistas para Centro Gafeirando Acácio de Souza

Olá!

O Centro Gafeirando Acácio de Souza está com inscrições abertas para audição para bolsistas, que acontece no dia 24 de abril às 14 horas. Veja a chamada abaixo:

"Ultima seleção do ano!!!
Seleção para bolsistas da Escola de Dança Gafieirando -
Com a chegada de novos tempos na dança de salão, nossa escola estará selecionando novos bolsistas no sábado dia 24 de abril as 14.00h
Os interessados não precisam necessariamente saber dançar, mas precisam ter boa vontade de aprender e ensinar a dançar; disponibilidade de tempo; bom contato com o publico; cordialidade no trato com as pessoas. Precisamos de pessoas de ambos os sexos, ( embora necessitemos mais de cavalheiros ) e ter idade entre 16 e 50 anos.
Após o cadastro e a audição dos interessados, o professor Acácio de Souza irá realizar uma reunião com os candidatos para explicar suas propostas e esclarecer as responsabilidades de um bolsista da equipe da Escola de Dança gafieirando .
DATA: 24 de abril
HORARIO: 14.00h
Local rua. São Roque 505 ( próximo a Cristiano machado )
Tel: 11 3466-1183/ 9996-3144
Trazer 2 fotos 3X4 recente e documentos!
Dê um ótimo presente do ano a quem vc gosta. Convide para fazer o intensivão 24horas.
Aulas todos os dias por apenas R$ 150.00 Não perca esta chance!
Divulgue aos amigos "

[]s
Wilson Milagres

BH Dança de Salão.com.br muito sobre a dança de salão de Belo Horizonte

Baila Costão - pela Top Dance

Olá!

No final de julho acontece o tradiocional Baila Costão em Florianópolis e a Top Dance está facilitando a excursão para a Costão do Santinho, onde acontece o evento. Veja a chamada abaixo:



[]s
Wilson Milagres

BH Dança de Salão.com.br muito sobre a dança de salão de Belo Horizonte

Top Dance em Buenos Aires

Olá!

A Escola de Dança Top Dance está promovendo um excursão para Buenos Aires no mês de outubro.
 Veja a chamada abaixo e programe-se:



[]s
Wilson Milagres

BH Dança de Salão.com.br muito sobre a dança de salão de Belo Horizonte

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Dança de salão juvenil

Olá!

A Passo Básico está com matriculas abertas para curso de dança de salão para juvenis. Veja a chamada abaixo:



[]s
Wilson Milagres

BH Dança de Salão.com.br muito sobre a dança de salão de Belo Horizonte

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Em abril: Intensivão de dança de salão aos domingos

Olá!

Quer fazer um curso de dança de salão e não tem tempo durante a semana? Seus problemas acabaram! Desculpe o uso de expressão alheia, mas é verdade.

A partir de abril/2010, a Top Dance estará dando um curso intensivo de dança de salão aos domingos. Veja abaixo a grade de programação:

"Curso rápido em um dia, módulo de 2h e 30min.

Ideal para:
*Quem não possui tempo durante a semana,
*Aquele que deseja aprender um pouco para se divertir,
*Praticar e aprender passos novos,

Ritmo --- Nível --- Data --- Horário ---

Zouk - Módulo I - 11/abril - 13:00 as 15:30
Samba - Módulo I - 11/abril - 13:00 as 15:30
Forró - Módulo I - 11/abril - 15:30 as 18:00
Tango - Módulo I - 11/abril - 15:30 as 18:00

Zouk - Módulo II - 18/abril - 13:00 as 15:30
Samba - Módulo II - 18/abril - 13:00 as 15:30
Forró - Módulo II - 18/abril - 15:30 as 18:00
Tango - Módulo II - 18/abril - 15:30 as 18:00

Zouk - Módulo III - 25/abril -13:00 as 15:30
Samba - Módulo III - 25/abril - 13:00 as 15:30
Forró - Módulo III - 25/abril - 15:30 as 18:00
Tango - Módulo III - 25/abril - 15:30 as 18:00

Valores: a partir de R$ 35,00 ( 1 módulo )
-------> Pagamento até 26 março
1 Módulo = R$35,00 / Pacote 3 módulos = R$90,00
-------> Pagamento até 31 março
1 Módulo = R$40,00 / Pacote 3 módulos = R$99,00
-------> Pagamento em abril
1 Módulo = R$45,00 / Pacote 3 módulos = R$110,00

Aproveite e faça já sua inscrição
Tel: 3287-7111 / 2535-3121"

Então, não tem mais desculpa para não aprender a dançar!

[]s
Wilson Milagres

BH Dança de Salão.com.br muito sobre a dança de salão de Belo Horizonte

15ª agenda de bailes e eventos dançantes de Belo Horizonte

Olá!

E mais uma vez a agenda de bailes está "torta" de tantos bailes... Não esqueça que a agenda está extendendo até 20 de abril - terça-feira. É diversão para todos os gostos, então não deixe de sair para dançar; mas em ronda, ãh!
Nos encontramos em algum baile... com certeza!

Segue a agenda até o dia 20 de abril:

Projeto Violentango na Palácio das Artes na Afonso Pena,1517-Funcionários em 12/abr
Projeto Violentango na Teatro Izabela Hendrix na Bahia,2200-Lourdes em 13/abr

Quinta:
Forró das Meninas na Voice Mystical Club na Inconfidentes,1141-Savassi às 22h00min
Caldeirão do Zouk no Recanto da Seresta na Mármore c/Estrela do Sul-Santa Tereza às 22h30min
Dança Comigo na 7&8 na Tomé de Souza,935-Savassi às 22h00min  

Sexta:
Uma noite pra você na Espaço Brasil na Brasil,1238-Funcionários às 20h00min
Baile Gafieira etc e tal na Corpo & Arte na Padre Marinho,340-Santa Efigênia às 21h00min
Baile Dança dos Famosos na Pizzaria Behlú na Norberto Maia,16-Eldorado-Contagem às 21h00min
Forró do Bartô no Espaço Skené na Alfredo Camaratte,299-São Luiz às 21h30min
Bailinho da Pé de Valsa na Teixiera de Freitas,478-Cidade Jardim às 21h30min
Prática Incomodança-baile brega na Incomodança na Pedro II,2566-Carlos Prates às 22h00min
Baile da Giros na Riachuelo,285-Carlos Prates às 22h00min

Sábado:
Dança de salão e zouk na Hard Rock Café na Senador Milton Campos,155-Vila da Serra-Nova Lima às 19h00min
Baile da Cênica no Barroca Tênis Clube na Américo Macedo,348-Gutierrez às 19h00min
Baile da Luciana Costa no Quisoque Bar do SESC na Padre José Maria de Man,805-Novo Riacho-Contagem às 20h00min
Baile de pré-inauguração da Ludança na Conêgo Pinheiro,665-Paraíso às 20h00min
Baile do Márcio IV na Via 6001 na Perolas com Ostras com Via Expressa-Camargos às 21h00min
Baile Vem Dançar Comigo! (Top Dance) no Salão da Igreja Nossa Senhora do Carmo na Grão Mogol,502-Sion às 21h00min
Prática de tango na Corpo & Arte na Padre Marinho,340-Santa Efigênia às 21h00min
Baile da Saia Rodada na Ata-me! na Gen.Olimpio Mourão Filho,202/2-Planalto às 22h00min
Baile na Dançar na Aristides Ferreira,27-Colégio Batista às 22h00min
Conexão Latina na 7&8 na Tomé de Souza,935-Savassi às 22h00min
Baile Abraça-me tango na Casa do Guto na Walpoli,144-Jardim Canadá-Nova Lima às 22h00min

Domingo:
Circuito de Dança & Música no Parque (zouk) no Parque Ecologico Primeiro de Maio na Joana D'arc,190-Primeiro de Maio às 10h00min
Zouk e Forró na Zep Tep na Bahia,2717-Savassi às 18h00min
Milonga del  los domingos na Top Dance na Grão Mogol,800-Sion às 19h00min
Domingo Dançante na Corpo & Arte na Padre Marinho,340-Santa Efigênia às 19h30min

Terça-20/abr:
Baile Passo Básico no Espaço Skené na Alfredo camaratte,299-São Luiz às 21h30min
Baile de tango com dança de salão na Dança e Arte na Antonio de Albuquerque,98-Savassi às 21h30min
Baile de abertura da estação Outuno-Projeto Dance nas 4 estações na Pé de Valsa na Teixeira de Freitas,478-Cidade Jardim às 21h30min
Forró do Ponto no Ponto da Dança na Olegário Maciel,1149/204-Lourdes às 22h00min

Eventos que vêm por ai...
Baile do Acácio de Souza no Centro Gafeirando na São Roque,505-Sagrada Familia às 20h00min de 23/abr
Baile de tango na Espaço Brasil na Brasil,1238-Funcionários às 21h00min de 23/abr
Baile Top Mix na Top Dance na Grão Mogol,800-Siion às 21h00min de 24/abr
Baile da A2 na Rio Grande do Norte,783-Savassi às 21h00min de 24/abr
Union Latina no Passo Básico Betim na Nossa Senhora do Carmo,555-Centro-Betim às 21h30min de 24/abr
Baile no Michelle Mazzini (ProjetoDança de Salão) na Tereza Cristina,5000-Nova Suiça às 20h00min de 26/abr
Workshop de tango nuevo com Roberto Herrera na Espaço Brasil na Brasil,1238-Funcionários às 20h30min de 20 e 22/abr
Jantar Dançante no Circulo Militar (dia das mães) na Raja Gabaglia, às 20h00min de 8/mai
Baile Show Minas no Clube dos Sargentos na Alvares Maciel,108-Santa Efigênia às 22h00min de 21/mai
Baile de 15 anos da Passo Básico no Quiosque na Raja Gabaglia,3375-São Bento às 22h00min de 22/mai

Então muita diversão, mas não se esqueça: dançar em ronda.
Nos encontramos em algun baile!

[]s
Wilson Milagres

BH Dança de Salão.com.br muito sobre a dança de salão de Belo Horizonte

terça-feira, 13 de abril de 2010

Texto: Prazer para sempre


por Elaine Reis (professora e proprietária da Academia Pé de Valsa)

Nasci para a dança dentro de uma gafieira que, infelizmente, não existe mais. Sinto até hoje o palpitar acelerado do meu coração quando vi os casais deslizando e rodopiando no salão pela primeira vez. Pensei: achei o meu mundo - até então perdido dentro de uma faculdade de engenharia civil.
Tenho poucas oportunidades de dançar dentro da academia, por vários motivos: obrigações com atendimento e a conversa com o cliente, fechamento de despesas do bar, observar se as pessoas estão dançando e assim tentar formar os pares para que o baile seja dinâmico. Além disso, sendo mulher, prefiro deixar mais um cavalheiro livre pra dançar com os freqüentadores dos bailes. Para completar a história, parece que os rapazes têm vergonha de me chamar para dançar, o que é muito frustrante.
Tirando estes contratempos, às vezes acontecem situações que me fazem sentir o mesmo prazer do início; e é algo mágico!
Há pouco tempo, dentro da empresa houve dois bailes que me mostraram que esta energia encontrada no passado não tinha morrido e não acaba jamais.
A primeira situação foi completamente inesperada, apareceu um rapaz novinho - exatamente a metade da minha idade, quase que podia ser meu filho - indo pela primeira vez na escola. Chamou-me para dançar. Como dançarina, gosto do desafio de conseguir dançar com alguém que nunca vi na vida. Ficar atenta ao corpo do rapaz e deixar me levar pela sua emoção é um grande “barato”. No final da música, eu estava com aquele brilho no olhar, alma lavada.
O prazer alcançado em poucos minutos me nutre por uma boa temporada.
Tecnicamente falando, fico realizada ao constatar que consegui interpretar pelo menos noventa por cento da intenção do cavalheiro.
Ao me despedir deste rapaz, disse a ele: até algum dia nos bailes da vida. E ele retribuiu com um doce sorriso e partiu.
A segunda situação foi com um novo integrante da escola. Estava na cozinha, lanchando, e o professor me abordou dizendo que, quando tocasse um determinado ritmo, me chamaria para dançar. Meu coração disparou! A comida foi engolida sem sentir nenhum sabor, adrenalina a flor da pele. Há ritmos que são sempre desafiadores, principalmente quando não praticamos tanto. E tinha chegado a hora, a música começou a tocar.
Mesmo sabendo que meu desempenho não foi dos melhores, senti uma profunda comoção e alegria. Este pequeno instante deu-me mais ânimo para treinar e estudar.
Quando sentimos o verdadeiro prazer não temos vontade de parar. E aí, só nos resta dançar, dançar, dançar!

BH Dança de Salão.com.br muito sobre a dança de salão de Belo Horizonte

Texto: Voar... voar...



 por Fábio Paulino

Voar além do ninho é uma tarefa que todo o pássaro deve realizar assim que cresce. Naturalmente e instintivamente ele vai se preparando para o dia em que suas asas baterão, ainda que desajustadas, para alçar um vôo além.

Essa aventura dará ao pássaro a possibilidade de um mundo jamais esperado, cheio de ameaças e infinitas possibilidades: ora um céu azul, brisa leve, ora chuvas e trovoadas e predadores na espreita.

Na vida profissional todos nós somos como pássaros que acaba de eclodir do ovo, cheios de esperança para alçar novos vôos.

Temos agora, como seres humanos, o ímpeto de prestar um serviço de qualidade, entregar as metas dentro prazo, “minimizar custos e maximizar lucros”.

Devemos ser pássaros corajosos para voar ora no céu da globalização e do câmbio estável, ora no céu das concorrências desleais, das crises internacionais e dos “abalos sísmicos”.

Porém pássaros que voam juntos fortalecem entre si uma cadeia de reciprocidade, alternam-se na liderança, defendem-se melhor dos predadores e migram no momento certo quando das incertezas.

Nossas asas muitas vezes podem estar compostas de duas artes, como escrevi antes, a dança e a literatura. Ambas nos dão asas para a imaginação e para os pés, elevando nossa alma e nos fortalecendo-nos como pessoas.

Feliz dos profissionais que usam essas asas para levarem o seu trabalho mais além do ninho, conquistando novos céus e mercados. Feliz dos profissionais que como pássaros que migram para buscar novos projetos, trabalhando em equipe e com lealdade.

“O céu é o limite”.... Só não devemos ser como Ícaro.

Parabéns aos profissionais como Elaine, Denílson e Rodrigo Delano (leia-se Pé de Valsa, Top Dance e Universidade de Dança de Salão) que levam a dança além das montanhas de minas.


BH Dança de Salão.com.br muito sobre a dança de salão de Belo Horizonte

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Vêm aniversário por ai!!!

Olá!

Dia 25 de abril mais um aniversário: 4 anos da Comunidade (orkut) Caçadores de Bailes BH.

[]s
Wilson Milagres

BH Dança de Salão.com.br muito sobre a dança de salão de Belo Horizonte

Turmas novas na Giros

Olá!

A Escola de dança Giros está com novas turmas de dança de salão.

Veja abaixo as turmas abertas:

TURMAS PARA INICIANTES

Dança de Salão
2ª feira
19:30 às 20:30
Início: 12 de abril

Forró
5ª feira
20:30 às 21:30
Início: 15 de abril

Salsa
3ª feira
19:30 às 20:30
Início: 13 de abril

Interessados, favor deixar o nome na secretaria da escola, email ou pelo telefone 3412 5809 (a partir das 15 horas)

GIROS Núcleo de Dança de Salão
Rua Riachuelo, 285/B - Carlos Prates

[]s
Wilson Milagres

BH Dança de Salão.com.br muito sobre a dança de salão de Belo Horizonte