terça-feira, 11 de maio de 2010

Comentário "Universo da Dança"

por Anderson Souza

Boa noite.

Tenho visto aqui no blog algumas opiniões e fiquei imaginando que muitas pessoas podem estar até intimidadas em compartilhar uma vez que a taxa de anônimos é bem expressiva. Parece que as pessoas estão tomando um rumo diferente da idéia de expor os problemas e torná-los acessíveis a uma comunidade que freqüentemente se encontra e paga calada por desserviços ou deslizes.

Dificilmente acho que as pessoas vão conseguir algum progresso sem organização ou mobilização.

Pude ler aqui no blog pessoas com diferentes pontos de vista. Idéias diferentes às vezes somam.

Fiz um comentário sobre uma opinião do intitulado “ universo da dança” aqui no blog e acho que o mesmo não compreendeu que o espaço é livre para comentários, criticas, sugestões, elogios sobre os bailes que acontecem na cidade. As pessoas aqui anônimas ou não podem concordar ou discordar e acho que ninguém vai ser punido por isso.  

Eu respeito todas as opiniões para que a minha também seja respeitada, concordo, discordo, apoio ou não.

Com relação às questões levantadas pelo “universo da dança” que em seu comentário se intitulou professor, sugiro mais reflexão ou dedicação na leitura.

Se o acesso as informações por meio de um professor esteja difícil, posso indicar alguns sites com algum conteúdo sobre os estilos de zouk aos quais me referi.

“Para mim não existe isso, o Dançarino consegue se comunicar com o corpo com estímulo externo= Música, hj qualquer estilo de música ¨Dançamos Zouk¨ - Discordo. Gostaria de ver alguém ouvindo um jive, soltinho, cha cha cha e dançando zouk que se dança aqui em BH; No mínimo uma grande incoerência.

“Vejo que as pessoas estão com desconhecimento do que e Música ZOUK e Estilo de se Dançar o Tal Zouk...” - Isso pode até ter algum fundamento. Muitas musicas são descaracterizadas de sua originalidade e adaptadas para outros ritmos e não só com o zouk. Os africanos dançam o zouk muito diferente do que vemos aqui no Brasil e creio que muitas escolas não abordam aulas teóricas sobre os ritmos que ensinam.

Obs: O sr. já fez essa solicitação? Ou deu sua opinião? Antes de parar de ir, pois a estrutura geral e show, ta faltando detalhes criticas construtivas, como resolvo um problema do consumidor se não sei se ele tem um? – Estou opinando aqui no blog. Já é uma boa forma de levar a conhecimento as questões que relacionei. Afinal, muitas escolas de BH estão sempre divulgadas aqui e acho que no mínimo seria uma falta de atenção das mesmas não acompanharem os anúncios semanais deste blog.

Segue seu comentário abaixo!
¨o colega " Universo da dança" acha que a dança só vai melhorar se fizer-mos bons comentarios a respeito dos locais que frequentamos, eu só posso discordar e respeitar sua opinião.¨
Obs: O sr. mais uma fez crítica, cita que falta coerência, qual seria? Mais uma vez, o Sr. já direcionou suas criticas para as instituições antes de posta-las aqui no espaço do sr. Wilson... isso acho errado! – Discordo. Basta ler e perceber a incoerência. “O RJ continua lindo, mas seria errado dizer que se é contra a violência?”  O espaço do blog serve bem a reclamações, criticas sugestões e elogios.

Segue seu comentário abaixo!
¨Baile é ronda, musica boa, horário, organização, respeito ao espaço do outro, gentileza, cuidado, é ter onde sentar e onde dançar bem definidos, é não fazer aulão entre outras coisas¨
Obs: Ronda: (No zouk nunca vi) e eu sempre faço, e ensino meus alunos!
Música Boa: eu gosto de uma linha de zouk (se existe isso), uma certa escola gosta de H, e dentro da mesma tem o aluno que gosta de X, e assim vai! – Fiquei 1 minuto pensando... Como responder a isso:

Obs: Ronda: (No zouk nunca vi) e eu sempre faço, e ensino meus alunos! – Vc nunca viu, mas faz e ensina a seus alunos. Talvez você já tenha visto ou ouvido falar em “passos de deslocamento”.

“Aulão: Isso e a maior democracia de todas, já tive alunas que foram em outros bailes e ficaram sentadas 2hs sem nenhum cavalheiro chama-la para dançar, olha o pior, alunas que não são jovens, 69 anos, dançando ZOUK, Só dançaram no aulão!” – Nesse caso é uma situação. Mas o fato é: Alguém em qualquer baile tem a “obrigação” de chamar outra pessoa para dançar? Você já ouviu falar em baile de ficha?

Convenhamos que ser chamado para dançar não depende do baile... Talvez um sorriso, braços descruzados ou mesmo a dama ter a coragem de convidar o cavalheiro possa ajudar, não é mesmo?

Você dançaria com alguém por pena? Por estar a duas horas sentada na cadeira? Alguém tem a obrigação de representar esse papel?

Vejo muita gente por ai dançando e cada um olhando para um lado, a musica passando e o que foi essa dança? Ainda vejo cavalheiros de aluguel, ano passado encontrei-me com alguns em um cruzeiro. Pague-me e eu danço. Não acho legal, mas respeito à modalidade... Tem quem quer, então paciência. O baile nos dá liberdade e isso é fundamental.

”Antes de criticarmos, perca seu tempo dançando!” - Difícil de comentar.

É isso. Espero ter ajudado a esclarecer algum ponto do meu comentário.

Até o próximo...

BH Dança de Salão.com.br muito sobre a dança de salão de Belo Horizonte

3 comentários:

Rebeca Ribeiro disse...

Primeiramente, uma observação sobre a estrutura do texto: Muito dificil de entender que era comentário do comentário do comentário... Enfim... Podia-se formatar de forma a ficar mais claro para o leitor... Tive que usar a busca e uma certa perseverança pra achar o comentário original...

Segundo: Meninos, cuidado para não descambarem para a briga. Ofensas e troca de alfinetadas não vão mudar nada nunca. "Gentileza gera gentileza".

Terceiro: "Perca seu tempo dançando" é a maior incoerência que eu já li. Se é perda de tempo, não faça. Eu APROVEITO meu tempo dançando, eu GASTO meu tempo dançando... Mas nunca PERCO meu tempo... Dançar não é perder tempo em nenhum modo. É ganhar vida! E mais: QUALIDADE DE VIDA.

Unknown disse...

Olá Rebeca !


Bem colocado suas observações. Creio que o Wilson já deve estar bolando uma maneira mais funcional de acompanhar "os dialogos".

"Perder o tempo dançando" - Também achei de muito mal gosto; Ficou bem esclarecido no seu tópico.

Parabens pela participação.

Universo da Dança disse...

Bom Dia a todos!
Querida Rebeca e Sr. Lata Anderson, vejo que a escrita em blog's e msn's causa esse tipo de polemica e posicionamentos. Como a Rebeca disse fica dificil de entender o comentário, e acho sim uma perca de tempo fazendo comentários negativos da dança de BH, das escolas e de Dj's etc.(Ai sim... perca seu tempo Dançando!)
intitular, Denominar professor ou educador não e condizente a punição, e vejo que em todos seus comentarios 99% são criticas sem ter resolução direta do problema (Comprou um computador nas Casas Bahia, o mesmo estragou, ai vc vai reclamar no Estado de Minas, pela grande circulação? As Casas Bahia não tem como monitorar todos equipamentos vendidos, continuo achando uma grande incoerencia não fazer sua critica a instituição que promove o baile, ou Dj, etc).
Puxa não entender que ¨em qualquer estilo de música dançamos o tal zouk¨ discordo! Dj's como Nix, Maffie, Max Black Soul, China,, k-Yo, Lex, Seven e Paulão de Salvador, fazem produção de música para dançar o tal zouk em alguns aspectos: Indiana, Eletronica, Black, Hip Hop, Cigana, não para por aqui! Até nas músicas de Vanessa Camargo e Ivete Sangalo dançamos o ¨tal zouk¨, sem falar no Tango, já vi gente dançando sambazouk, tangozouk...
Mais o desconhecimento e geral que a apelação em colocar Jive e Cha- Cha-Cha como exemplos e D+, e ai o desconhecimento musical: ¨Discordo. Gostaria de ver alguém ouvindo um jive (dança ou música?), soltinho(dança ou música?), cha cha cha (dança ou música?) e dançando zouk que se dança aqui em BH (qual é dançando que difere do resto do brasil?); Essas respostas sim são importante para o leitor e para mim, pois tenho desconhecimento de todas, minha humilde ignorância.
Vejo tbm que na sua resposta a citação dos AFRICANOS foi show, Mais muito cuidado! Como usamos nome para uma dança aqui no brasil como o soltinho, eles tbm tem a deles, KIZOMBA e PASSADA são de exemplo. E uma referência para saber tão pertinho da gente, ZOKMANIA, pergunte a eles se existe uma dança chamada ZOUK na Africa?
Falta de atenção das Escolas? Pois vc citou que o baile no HARD ROCK antes não tinha o devido valor por se de graça? O mesmo acontece em blog ou sites de dança que divulgam a dança gratuitamente (não a qualidade, nem quero dizer valor, pois vejo quem nem todas as escolas são divulgadas, e o site tem o slogam ¨BH Dança de Salão¨) e a responsabilidade que foi direcinada, que o Wilson não irá computar todas sozinho!), não vejo que seja falta de atenção não, e apartir do momento que vc fizer a abordagem direta, pode sim divulgar aqui no espaço democrático do Sr.Wilson, pois acho mito fácil escrever aqui, dificl e falar no local, com o responsavel etc, vejo isso como ¨fuga¨ e direcionando o raciocinio e pensamento do leitor, não acrescentando para a melhora de tudo que está ruim no seu modo de ver as coisas, e não VEJO a melhor explicação do RJ não pois o mundo sabe da violência do RJ. Onde o dj e ruim? onde tem aulão que é um saco? onde tem roda de cassino que não gosto? Bom isso tudo e muito individual e poderia ser comunicado a instituição que promove o evento, não tendo resposta do mesmo ai sim concordo com todos os seus comentários.
Ronda!
Vc citou um tanto de coisa que aoontece errado ¨sua visão das coisas¨ será que vc não faz o mesmo? Pois nunca vi mesmo Ronda no tal ¨zouk¨, e desocamento faz parte da dança, se me intitulei como professor, me dei o cargo e isso faz parte do fundamento da dança de salão para se chegar na RONDA! Faço com os alunos, mais todos não conseguem o mesmo exito das aulas no baile, pois e como ir contra a MARE.
Se eu faço não quer dizer que já tenha visto no baile, pois um casal fazendo em 200 pessoas dançando em um congresso nao quer dizer nada!
”Antes de criticarmos, perca seu tempo dançando!” Pois creio que usa-se bastante e muito bem o teu tempo dançando, serve para aqueles que perdem tempo para outras coisas, a não ser dançando!